O jeito Disney de empreender


O "jeito Disney" de empreender marcou seu tempo e fez história, desde sua fundação, com o surgimento dos estúdios Disney Brothers Cartoon Studio em 1923, com os irmãos Walt e Roy Disney, que começaram produzindo as comédias de Alice e não pararam de inovar e crescer, nos surpreendendo a cada dia com uma gestão focada em pessoas e seus resultados.

Em 1926, após uma dificuldade financeira, a empresa mudou seu nome para The Walt Disney Studio, onde logo na sequência lançou Oswaldo, o Coelho Sortudo, que foi uma aposta sem muito resultado até que em 1928 as coisas mudaram com a chegada de Mickey Mouse.

O camundongo se tornou a mascote da companhia e, um ano depois de seu lançamento, a parceria entre os irmãos deu lugar à Walt Disney Productions Ltda e mais três outras empresas. Dez anos mais tarde, elas se reuniriam na Walt Disney Productions. Daí pra frente só cresceu e expandiu suas atividades, novas empresas, novas parcerias e novos resultados.

Em 1955 começa a operar a Disneyland na Califórnia, um novo "business" que surpreendeu a todos com seu estilo de atender e encantar os visitantes. Visitantes não, "convidados". Esse era o nome dado carinhosamente pelo próprio Walt ao público que visitava seu parque. Em 1966 morre Walt e em 1971 Roy. Com a falta de liderança, a companhia começa um lento declínio, que culmina com a tentativa dos acionistas de comprar a empresa através do controle majoritário de suas ações.

Somente a partir da década de 1980 que mudanças na administração do conglomerado dão ênfase à expansão dos parques temáticos. Um exemplo disso é a inauguração do Tokio Disneyland Resort, o primeiro empreendimento fora do país. Quatro anos depois, teve início o projeto da Euro Disney, aberta ao público em 1992, na França seguido de novos projetos de expansão.

A partir daí ninguém segura mais o "jeito Disney" de empreender, seus parques chegaram a 11 ao redor do mundo, 2 navios de cruzeiro, 730 lojas oficiais, 42 estações de rádio, 10 emissoras de tv, estúdios, gravadoras, um centro de treinamento, mais de 55 mil colaboradores e diversos outros empreendimentos, todos com um mesmo objetivo: Despertar a melhor experiência aos seus "convidados", todos com o mesmo padrão de atendimento e encantamento deixando todo mundo boquiaberto!

O "jeito Disney" criou algo que eles batizaram de "Fator Uau", expressão de espanto utilizado para descrever cada surpresa e descoberta dos convidados ao percorrerem seus parques, assistirem seus espetáculos e conhecerem suas inovações. A cada surpresa: Uaaauuuu... Isso os motiva a buscar cada vez mais superar as expectativas dos que procuram viver fortes emoções visitando os parques da Disney em suas férias com sua família em algum lugar do mundo.

Assim como o público é chamado de convidados, os colaboradores são chamados de atores e as áreas em comum são chamadas de palcos, tudo isso para que a magia dos espetáculos aconteça o tempo todo em todos os cantos dos parques que mais parecem cidades, possuindo desde simples lanchonetes até resorts com todo conforto e estrutura para transformar momentos de descontração em episódios inesquecíveis.

Imagine se esse estilo de gestão fosse incorporado em nossas empresas, um modelo inovador focado na satisfação total de nossos clientes, investindo em novidades que surpreendem a cada experiência, tocam fundo nas emoções e valoriza cada pessoa que entra em nosso estabelecimento com um problema a ser resolvido. Isso mesmo, como empreendedores, devemos descobrir problemas e vender soluções, é isso que a Disney faz com todos que passam por lá, vende a solução perfeita para suas férias e de toda a sua família.

Todos os colaboradores, ou melhor, "atores" da Disney possuem o compromisso de fazer o que for necessário para encantar seus convidados, são treinados para atender e superar todas as expectativas. Na Disney, todos são responsáveis pela limpeza e organização, pela produção e o perfeito andamento de exatamente tudo, desde a entrada até a saída de cada pessoa, na Disney todos são "vendedores" de soluções e estão comprometidos com o resultado final.

Pense nisso e saia na frente!

Um forte abraço e até nossa próxima conversa!

Bruno Miranda - Especialista em Pequenos Negócios

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2020 by Bruno Miranda I Todos os direitos reservados