O princípio da Inovação


Já dizia Lavoisier: "Na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma." Eu concordo plenamente com essa frase e afirmo que esse é o grande princípio da inovação. Defendo a ideia de que toda inovação possui uma motivação que surge a partir de uma observação.

A observação é o ponto de partida para toda inovação, pois, através dela, identificamos uma demanda, um anseio ou uma necessidade. Toda inovação surge para resolver algum "problema", por isso, as empresas e os profissionais mais inovadores são aqueles que mais se destacam em qualquer seguimento independentemente da situação, inclusive em momentos de crise e instabilidade.

Para muitos, inovar é sinônimo de altos investimentos. Nem sempre! Pequenas inovações podem fazer grande diferença para pequenos negócios a um custo de investimento extremamente baixo, é o exemplo do taxista que conheci em São Paulo que percebeu estar perdendo clientes para os motoristas do Uber.

Imediatamente procurou inovar de alguma forma para atrair seus clientes de volta, além de oferecer um atendimento vip, começou a servir uísque, vinho e água mineral em suas corridas sem cobrar nada a mais dos clientes.

A experiência foi tão bem sucedida que hoje sua clientela se multiplicou, ficou selecionada e ele trabalha com agendamento por telefone (antecipado por causa de sua agenda lotada). Nós consumidores estamos procurando novas experiências que nos proporcionem satisfação e a sensação de um custo benefício positiva.

Quer uma dica? Comece a fazer o básico bem feito pra depois pensar em grandes mudanças. Comece a observar tudo e todos à sua volta, identifique os possíveis gargalos e comece a oferecer soluções para seus clientes, essa é a melhor forma de inovar.

Uma das indústrias mais inovadoras é sem dúvidas a da telefonia móvel, seus aparelhos como smartphones e tablets estão a cada dia mais inovadores e funcionais, a convergência de vários outros aparelhos em um só tem sido o maior diferencial da categoria, uma vez que essas demandas foram identificadas e aprovadas pelos próprios consumidores, onde a cada novidade consegue-se despertar o interesse de renovação.

A partir de agora lembre-se: O princípio da inovação está na observação! Está esperando o quê? Pense nisso e mãos à obra!

Forte abraço,

Bruno Miranda - Especialista em Pequenos Negócios

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2020 by Bruno Miranda I Todos os direitos reservados