Era uma vez um nova Era...


É sabido que vivemos em uma era extremamente competitiva, onde a inovação faz toda a diferença. Estamos em meio à “Era da Informação”, onde aquele que mais se destaca não é o que simplesmente se mantém informado, mas sim, aquele que sabe compartilhar essa informação inovando e surpreendendo.

Gosto do trocadilho que diz: Ou você se adapta a essa ERA, ou “era uma vez” um profissional que ficou no passado. A maior motivação para um empreendedor de sucesso é lançar um produto ou serviço novo e perceber sua aceitação no mercado em forma de convenção, através das vendas e de seu faturamento.

Chamamos de “roi” o retorno referente ao investimento inicial que qualquer projeto, seja uma empresa, um produto, serviço ou uma implementação com capital investido. É verdade que nem sempre obtemos sucesso de início e essa percepção faz toda a diferença na hora de mudar a estratégia, virar as velas e acertar a direção de nosso barco.

Inovar é perceber as mudanças à nossa volta, entender os novos hábitos de consumo e oferecer exatamente o que o mercado deseja, isso sim nos trará um retorno imediato e um feedback positivo a respeito de nosso negócio.

Acontece que, existe um fenômeno chamado “zona de conforto” fazendo com que empresas e profissionais estacionem em determinado ponto quando atingem certo patamar, é exatamente neste momento que o processo criativo da inovação precisa entrar em ação pra fazer a diferença.

Esse processo inovador que promove mudanças e fomenta o mercado é conhecido no Japão por uma palavra chamada Kaizen. O Kaizen é uma filosofia que desperta a melhoria contínua dos processos e por consequência influenciará positivamente nos resultados.

Ou seja, nessa nova era, repleta de informação e conteúdo, marcada por uma hipercompetitividade e um grau de renovação quase que em tempo real, ficar parado não resolverá seus problemas. Focar exclusivamente no problema nem sempre lhe trará os melhores resultados e a melhor solução está em resolver rapidamente qualquer impasse, inovando e se redesenhando a cada dia, pois já disse Darwin há muito tempo atrás: “Não é o mais forte e inteligente que sobrevive, mas sim, aquele que melhor de adapta às mudanças”.

Pense nisso e bom trabalho!

Bruno Miranda - Especialista em Pequenos Negócios

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2020 by Bruno Miranda I Todos os direitos reservados